Skip to main content

Posts

Showing posts from July, 2013
UM  CERTO  PODER


1. Há governantes que vão deixando passar os anos repetindo os mesmos cenários políticos, diferentes apenas na subtileza do engenho criado para ludibriar os ingénuos e os incautos que lhes deram o suporte. Eles, sentados nas cadeiras do poder ou voluntariamente presos nas teias que defendem os seus interesses próprios, assumem-se como paladinos intemeratos na luta pelo bem-estar da comunidade que representam, dizem-se detentores de amor acrisolado à terra que (talvez) os viu nascer, e juram tratar com critérios de igualdade os seus semelhantes.
   Tem sido assim em cada ciclo de quatro anos, sendo cada repetido mandato mais voraz de apetites vários e proporcional ao vazio de ideias sérias e úteis.

2. Por serem cidadãos os elementos manipuláveis nestas quadras eleitorais, é importante ter-se em conta um conceito de cidadania - por exemplo, aquele que é definido por Kant - no qual são considerados três qualificativos jurídicos para o cidadão:
  - a liberdade constitucional,…