Skip to main content

Posts

Showing posts from March, 2011
SÓ LÁ VAI À LOMBADA!

Havia falta de segurança para os peões, porque as zebras pintadas no chão poucos as viam e ninguém as respeitava. Com todo o direito, os cidadãos exigiram passadeiras.
A Câmara Municipal ouviu os rogos e aprovou: construam-se passadeiras que dêm segurança às pessoas!
Ficaram as ditas barreiras ao nível dos passeios, o que é excelente para os ciclistas...
Já os peões, se apanharem com um carro descuidado, vão pelos ares, em prática de desporto radical.

Já havia o exemplo positivo das lombas plásticas na rua do Pavilhão Gimnodesportivo e do Auditório; agora, nas "avenidas novas", foi mesmo empreitada: autênticas paredes em cima das passadeiras, ou as passadeiras em cima das lombas, como queiram!
É o que faz haver engenheiros a mais com conhecimentos a menos.

O presidente da Câmara é contra as lombas!
Mas se foi uma decisão da câmara - onde, em princípio, o presidente manda - é legítimo que se pergunte: "afinal, quem manda a…
O CARNAVAL DA REVOLTA

Há-de ficar na memória dos poveiros o disparate do último carnaval, que dizem ser uma festa com fortes tradições entre nós. Se tinha, a tendência será acabar, porque o povo não tolera brincadeiras de muito mau gosto, como a infeliz e injusta decisão da autarquia em não organizar o carnaval das (e para as) crianças das escolas do concelho.
À última hora, alegou a Câmara Municipal, habitual organizadora destes carnavais e outras coisas, e pelas quais colhe sempre dividendos políticos, que foi necessário poupar 10 mil euros com o transporte das crianças das freguesias do concelho! Para elas não haveria carnaval!

Mas, ao mesmo tempo, as parangonas oficiais, e outras quase, diziam que um milhar de crianças das escolas da cidade - as nossas crianças - tiveram o seu desfile de carnaval!
Entretanto, a mesma Câmara Municipal organiza numa discoteca (!) uma festa de carnaval para idosos e para crianças (igualmente da cidade); assim - explicam -, poderiam con…