Skip to main content

Posts

Showing posts from April, 2008
APROVAÇÃO DAS CONTAS

Tomo como referência a notícia do "Póvoa Semanário" (edição online) de hoje, 24.04.2008, na qual se diz que o Relatório de Contas da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim foi aprovado, ontem, pela Assembleia Municipal, com os votos CONTRA do PS, CDU e CDS.

As principais razões que ditaram o sentido da reprovação devem-se à má políticada Câmara, que muito penaliza os poveiros, nomeadamente no que respeita aos impostos e a alguns serviços (água, saneamento, salubridade).

A maioria PSD rebateu com um argumento que, em minha opinião, é ridículo, por não ter cabimento: as contas foram revistas por um auditor!
Ora, o auditor não analisou a POLÍTICA que envolve a contabilidade analisada, e essa questão é a que, neste momento, mais interessa aos poveiros, e que a maioria PSD descartou.
718 FUNCIONÁRIOS

Há dois ou três anos, dizia alguém (certamente mal informado...) que na Câmara Municipal da Póvoa de Varzim trabalhavam (ou, de qualquer forma, estariam ligadas à Câmara) cerca de 1100 pessoas. Esse número poderia justificar, de certo modo, as avultadas somas dispendidas com pessoal.

Esclarece agora o vice-presidente da autarquia (na ausência do presidente), que o número de funcionários camarários é de 718. Um número considerado aceitável, quando se faz a comparação com outras câmaras municipais de dimensão semelhante.
Fala-se ainda em 42 contratados a termo, o que totaliza 760.

Sinceramente, acho pouco. Deve haver mais gente aboletada na Casa Grande, com sede na Praça do Almada.

E os avençados, quantos são eles?

Proponho que se faça uma contagem, o que levará o seu tempo, porque haverá muito que contar.
130 ANOS DEPOIS

O escritor poveiro Francisco Gomes de Amorim escreveu, no seu livro "O Amor da Pátria", edição de 1879, o seguinte:

"Quem é pobre e não tem empenhos, fica sempre a marcar passo, enquanto asnos caminham a galope, e se lhes desculpam, até crimes, quando têm altos protectores".

Este juízo inseria-se, então, num quadro de influências na Côrte. Hoje, mudado o regime, ele espalhou-se por aí, sem conhecer fronteiras.
TUDO SOBRE A PÓVOA !

Vamos tentar, em poucos minutos, descobrir alguma coisa de interesse sobre a Póvoa de Varzim.
Propomos o seguinte percurso:
1. Aceda à homepage do SAPO;
2. Na barra de serviços escolha "Local";
3. Póvoa de Varzim (vê-se a Fortaleza);
4. Procurar "Mais sobre a Póvoa de Varzim";
5 Veja "Pontos de Interesse em Póvoa de Varzim";
6. Abra "Restaurantes", e encontra o óptimo e saudoso Brook's! Há quantos anos...
7. Procure outra área:"Piscinas". A Póvoa, Capital do Desporto e do Lazer, está apenas representada pelas piscinas do Clube Desportivo da Póvoa.
E sobre as piscinas da Varzim Lazer? Nada!
Será que a VL "já era"?

Assim, parece pretender-se que as as informações fornecidas não despertem o interesse de quem quer que seja, ou então a Póvoa não tem nada para oferecer.

A tropinha que devia tratar da imagem da Póvoa estará certamente ocupada com outras tretas...
Talvez fosse boa ideia, e…
NOVAS DO ACHAMENTO

O presidente da Câmara da Póvoa foi ao Brasil, em representação do Município, e não me chegam novas do achamento das Terras de Vera Cruz!
Aportou bem?
Aterrou melhor?

Como terá o poveiro presidente-embaixador, portador de saudades e em missão de serviço público, encontrado os nossos patrícios de além-atlântico?

Ninguém diz nada!

E na bagagem, que presentes terá levado?
Nada se conta, nada se ouve...
Por adivinhamento: caixinhas de areia das nossas praias, frasquinhos com água do mar poveiro, e rabanadas.
E papeis. Muitos papeis: a Folha Municipal e fotografias do Parque da Cidade. E também da Via B, que já ia esquecendo...

Uma pessoa comove-se só de pensar nas imagens da "Nova Póvoa" levadas para os poveiros do Brasil, com tanto empenhamento e enlevo.
Devem ter ficado felizes!
Eles hão-de mostrar gratidão.