Skip to main content

Posts

Showing posts from November, 2007
OS CANDIDATOS DO PSD

Sobre a candidatura à presidência da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, em 2009, Aires Pereira (vice-presidente da autarquia) afirmou a "O Comércio da Póvoa" (em 03 de Novembro de 2005):

"O PSD é que vai dizer, mas mal corria se, ao fim destes anos como autarca, não mesentisse em condições para concorrer".

Porém, esta candidatura só terá lugar "se Macedo Vieira decidir não voltar a concorrer à presidência da Câmara Municipal".

A conclusão a tirar é que o candidato do PSD nas autárquicas de 2009 será um de dois:

MACEDO VIEIRA, se decidir não "colocar um ponto final na sua carreira política autárquica;
AIRES PEREIRA, caso Macedo Vieira se retire das lides políticas.

Este cenário foi desenhado há dois anos, e mantém-se . O prognóstico então traçado parece ter pernas para andar.
JORNAIS E JORNALISTAS

É urgente que a grande maioria dos nossos profissionais da comunicação social (jornais e rádios) meditem sobre a recente decisão do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas (CDSJ) referente ao caso "José Rodrigues dos Santos e a RTP", de todos conhecido:

"(...) é um dever ético de qualquer jornalista denunciar pressões e interferências que sobre ele se exerçam por parte de entidades e organizações não jornalísticas".

O CDSJ acrescenta ainda:

"(...) no caso em apreço, e como fez José Rodrigues dos Santos, a denúncia da interferência constitui um dever ético e deontológico".

Percebo as condições em que trabalha a maior parte dos nossos jornalistas: ou fazem como lhes ordenam ou, então, é-lhes indicada a porta da rua, sem explicações. Certo e sabido!

E não terão então, os jornalistas, ninguém que os defenda quando, na tentativa do exercício isento da sua profissão, deixam de cumprir (quase sempre por…
AVEIRO IMITA A PÓVOA

Et voilà!

Na rota do "Portugal das Avenidas" (Novembro,20), aparece já Aveiro a propor um parque de estacionamento subterrâneo no centro da cidade, na sua principal avenida, numa parceria público-privada.

O projecto contempla a possibilidade dos futuros parceiros construirem e explorarem a infraestrutura.

Os comerciantes da zona opõem-se, porque vêm o negócio a sair prejudicado, e tiveram a oportunidade de se fazerem ouvir.

Aprovado pelo executivo, de maioria PSD-CDS, o projecto subiu hoje à Assembleia Municipal, para ser discutido. Assim mandam as regras.

Venha o próximo!
PORTUGAL DAS AVENIDAS

Diz o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim que o projecto da Avenida Mouzinho é um projecto pioneiro. Sê-lo-á na Póvoa, porque não faltam por aí coisas assim.
Por ser tão inovador, afirma o dono da ideia brilhante, já houve uma boa meia dúzia de colegas autarcas que o contactaram para copiarem o modelo (parece que se trata de uma invenção, e portanto caso único no país).
Agora aguarda-se o contacto de mais uns 300 autarcas, ansiosos por adaptarem o inovador projecto à realidade das respectivas vilas e cidades.

Não perdem tempo os autarcas nacionais, que se afanam com o progresso, e assim se desenvolve o país: quem ainda não tem uma avenida, constroi uma avenida, pois claro, comprida e direita, uma cópia fiel da nossa Mouzinho de Albuquerque. Para começar...
E depois de construídas as avenidas, fazem-se os buracos para servirem de parques de estacionamento subterrâneo. Mesmo que não sejam necessários!

Copiando o modelo pi…
INGRATIDÃO

Com tanta obra feita ("obra" no sentido material do termo) ao longo dos sucessivos mandatos das maiorias PSD que temos tido, poucos têm prestado o devido reconhecimento a quem, na cidade, se tem devotado denodadamente ao seu engrandecimento (material, portanto).

Exceptuando as placas inauguradoras (algumas faltando à verdade), pelas quais é implicitamente rendido louvor ao "master mind" da obra, não se encontram outros registos.

É tempo de mostrar gratidão àqueles que, directa e indirectamente, tanto se têm empenhado e contribuído para o embelezamento da urbe. As obras na Praça do Almada são, agora, um bom exemplo.

A devida prova de gratidão é dirigida às várias Comissões que têm levado a cabo tão notáveis realizações urbanísticas na Póvoa.

Embora receando falhar alguma - lapso pelo qual desde já me penitencio - aqui ficam enaltecidas:

CDG (Comissão Do Granito)

CDF (Comissão Do Ferro)

CDC (Comissão Do Cimento)

CDM (Com…
O CZAR

Na última vez que o czar fez anos, e apesar da muita neve que caía, foram mandados vir os governadores das províncias do império, para lhe prestarem homenagem e vassalagem.

Na grande praça das colunas, os governadores alinhados dobraram-se sobre as suas próprias, e ofereceram ao czar as prendas que traziam nos cofres.

O povo, mantido afastado e esfomeado, batia palmas. Dançaram-se czardas.

Caía a neve.

Caiu a noite.

Caiu o czar.
A CORRECÇÃO

O semanário"A Voz da Póvoa" nº 1339, de 08 de Novembro de 2007, emite uma Correcção a um texto publicado na sua edição de 25 de Outubro, relativo às obras de saneamento na freguesia de Terroso, dando a saber que "o comunicado emitido às redacções, criticando a forma como a intervenção está a decorrer, foi elaborado por um movimento de cidadãos de Terroso e não por militantes socialistas como foi referido no dito texto. Aos visados pedimos as nossas sinceras desculpas".

Passadas duas semanas, ficam assim avisados os visados de que lhes foram pedidas sinceras desculpas, por parte do jornal.

Para ficar tudo numa santa paz,falta agora o sincero pedido de desculpas dos responsáveis políticos, pelas infundadas afirmações (calúnias), aos igualmente visados.