Skip to main content

COLÉGIO DO CORAÇÃO DE JESUS

Vai ser destruído o edifício do Colégio do Sagrado Coração de Jesus, no centro da cidade, nas traseiras da Igreja Matriz.
Pelo espaço que ele agora ocupa vai passar o absurdo prolongamento da Avenida Mouzinho de Albuquerque, que a ligará, através do Largo das Dores, às vias C e B, como consta no Plano de Urbanização, aprovado com os votos da maioria e ao qual se apontaram as reservas que são conhecidas.
Foi em vão! Prevaleceram a teimosia e o jogo de interesses! Fizeram orelhas moucas às alternativas então apresentadas, porque não encontraram argumentos plausíveis.
O edifício e o espaço envolvente poderiam servir a comunidade poveira (o Colégio, de tantas memórias, acabou), tão carenciada que está na área social; assim, servirá outros interesses!
A pouco e pouco vamos assistindo à destruição de partes importantes que marcaram a história poveira.


Comments

Sendo residente no quarteirão que é essencialmente composto pelos terrenos do colegio e da igreja matriz, e tendo os terrenos do colegio como vista das traseiras, fico chocado em saber que aquele espaço possa vir a ser atravessado por uma nova estrada...

No entanto tenho que admitir que há já varios anos que aquele colégio é claramente uma instituição sub-aproveitada trabalhando agora a 10% do que acontecia ha 15 ou 20 anos atras...

Gostaria de ver antes o espaço entregue a quem o dinamizasse evitando que se tornasse mais um bem imobiliario pertencente a uma grande instituicao do nosso pais em degradação apenas à espera de um bom negocio ou da sua valorização numa área priveligiada da nossa cidade...

Será possivel??
belo texto
UNIVERSALEX said…
Não acredito!!!!
Não pode ser verdade!!!

a menos que eles estejam mesmo loucos...ou cegos pelo dinheiro...
napontadocais said…
Não me lembro do titulo do livro, mas sei que ainda o devo ter, é um livro que fala da rede bombista do fascistas após o 25 de Abril, nesse livro entre coisas como a afirmação que na cave do antigo Pelintra, café frente ao guarda sol se faziam reuniões da rede bombista e era depósito de bombas e armas, nesse livro também se fala nesse colégio, e que as meninas que lá estavam, eram recrutadas para casas de braga através do conego melo para prostituiçaõ, tenho que procurar esse livro e voltar a ler

Popular posts from this blog

A Saúde dos Outros

A SAÚDE DOS OUTROS

1. Depois da intervenção cirúrgica à outra anca, o prestigioso ortopedista, professor catedrático, elaborou o requerido relatório para avaliação do grau de incapacidade, a ser certificado por uma Junta Médica, como manda a lei. Aplicou-se a tabela em vigor: 65% de incapacidade motora.
     Uns anos depois nasceu uma nova versão da lei, neste particular da saúde, com diminuição nos parâmetros, para "maior rigor e transparência". Nova avaliação.
     Reunido o trio da Junta Médica (um clínico era muito novo), debruçaram-se sobre o novo relatório, semelhante ao anterior, e após algumas perguntas de circunstância e alguma cogitação, decidiram o novo grau de incapacidade: 62%!
     A continuar assim, qualquer dia o utente da saúde ficará em estado de novo e dispensa as próteses!

2. A professora tinha cancro há alguns anos, e estava a fazer tratamento. Notava-se claramente, e custava-lhe muito ter que enfrentar os seus alunos. Para além do sofrimento físico, tinha qu…
PALAVRAS E SENTIMENTOS

     Filho de um agricultor com uma plantação de amendoins, o pequeno Jimmy cresceu num são ambiente familiar, marcadamente religioso, e pobre: a casa onde cresceu não tinha água corrente nem electricidade. Na Geórgia, nos Estados Unidos da América.
     A escola abriu-lhe os horizontes que haveriam de o levar a conseguir a concretização do seu desejo maior: ser um Homem!
     E conseguiu.

     Sempre bom aluno, na universidade seguiu engenharia. Admitido à Academia Naval dos Estados Unidos, terminou o curso entre os dez primeiros, numa longa lista.
     Serviu nos submarinos. Mais tarde, entrou na área da advocacia.

     Não sendo homem de grandes falas, usava-as com o sentido preciso do juízo e do apreço, com genuíno sentimento, mas nem sempre bem compreendido.

     Cumprido o seu dever como militar e tendo dado todo o seu saber ao seu país, deixou a Marinha no posto de capitão-de-mar-e-guerra.

     Falamos de Jimmy Carter.

     Governador do Estado da Geórgia, candid…

COUVES E TRAPOS

COUVES E TRAPOS

     Tive que esperar largos minutos até chegar a minha vez para comprar selos.
 À minha frente estava uma mulher do povo, fortalhaças, vestida de preto, e na casa dos cinquenta.
     Era impossível não ver nem ouvir a funcionária dos correios ir contando, e cantando, as notas que ia colocando no balcão: cem, duzentos, trezentos, quatrocentos, quinhentos...
     Fiz um esforço para não ouvir mais.

     Olhei à volta e calculei, pelo que vi, que devia ser dia de pagamento de pensões.

     Curiosamente, àquela mesma hora discutia-se no Parlamento - no nosso Parlamento - a questão ignominiosa dos contratos de trabalho precários e correspondentes vencimentos miseráveis, que atingem milhares de pessoas, muitas delas com formação superior; e, como se verifica, há deputados, alinhados com certo tipo de patronato, que ainda gastam o seu tempo a discutir este problema, que nos envergonha.

     Fiquei a matutar naquela cena passada nos correios. Aquela cara não me era estranha! Creio j…